• Marcelo Santos

Manutenção Estrutural em Fachadas de Prédios de Condomínio. Qual a periodicidade ideal?



O sistema de revestimento de uma edificação, além de exercer um papel importantíssimo na estética do edifício, tem como papel fundamental assegurar a estanqueidade da construção, garantindo assim proteção contra agentes agressivos.


Ademais, o revestimento de uma fachada está relacionado de forma direta com a durabilidade da edificação como um todo, por isso manter o revestimento acima dos níveis mínimos de desempenho é primordial.


Destarte, vale destacar que a manutenção deste sistema de revestimento está ligada diretamente a vida útil da construção, portanto, essencial a realização de avaliações e manutenções periódicas.


Quando Fazer?


A norma NBR 5674(2012) – Manutenção de edificações, requisitos para o sistema de gestão de manutenção – sugere que a cada 3 anos seja realizada uma manutenção na fachada, que consiste em uma lavagem completa e verificação de todos os elementos do sistema.


Essa periodicidade pode mudar, dependendo do sistema construtivo utilizado e da idade do edifício. O mais viável é que se consulte um engenheiro perito para realizar esta avaliação, e em muitos casos é indispensável a contratação de um laudo técnico a fim de especificar detalhadamente a periodicidade, os itens que deverão ser verificados e como deverão ser corrigidos os problemas encontrados.


O que inspecionar?


Em geral, na verificação dos elementos da fachada, deve ser observado:

- a presença de fissuras nos revestimentos

- os possíveis pontos de desplacamento

- porosidade de rejuntes

- aderência de juntas de dilatação e dessolidarização

- manchamentos e sujidades


Manifestações Patológicas em Fachadas


O revestimento de fachada sofre a ação de diversos mecanismos que, atuando simultaneamente ou isolados, podem interferir de forma direta do desempenho do revestimento como um todo. Os principais agentes são: variação de temperatura, ação da umidade, deformação da estrutura e ação do vento.


As manifestações patológicas são todos os processos de degradação do sistema, tais como: descolamento, fissuras, pulverulência, eflorescências, descoloração e manchas. Todas essas manifestações causam um grande desconforto visual e físico.


Cuidados necessários


É imprescindível que o trabalho seja supervisionado por um engenheiro ou arquiteto especialista, outrossim, por se tratar de um serviço em altura, a equipe que irá realizar a inspeção deverá tomar todas as medidas de segurança necessárias e estar com todos os treinamentos obrigatórios atualizados.


Qual a ferramenta utilizada para a coleta de dados para analise?

Uma análise bem elaborada requer agilidade e qualidade na captação das informações. As informações são coletadas

em arquivos fotográficos e atualmente a utilização de drones para este serviço apresenta um grande diferencial. 

Com câmeras de alta definição e sensores embarcados a fotografia aérea com drone viabiliza o trabalho na inspeção, 

proporcionando a redução de tempo na coleta de dados fotográficos ou vídeo, aumentando a precisão em pontos 

específicos, visto que o equipamento pode sobrevoar em locais de difícil acesso, reduzindo assim a despesa com mão 

de obra para quem antes prestava este mesmo serviço com funcionários descendo de rapel em locais de altura.

Fonte: Equipe FB Laudos de Engenharia


Tags:

laudo engenharia

drone engenharia

vistoria com drone

vistoria em obras

4 visualizações0 comentário